segunda-feira, 7 de junho de 2010

Copa do Mundo



Confesso: Na última Copa do Mundo eu torci para a República Tcheca. É verdade, fiquei encantada por um jogador tcheco, Rosický, que, ainda por cima, fez dois ou três gols contra os Estados Unidos. Sem contar com o fascínio que eu tenho pelo país, desde que conheço a literatura de Milan Kundera.
Mas, antes que me crucifiquem, deixem que eu me explique: a primeira vez que acompanhei uma Copa do Mundo com emoção foi em 1994. Ouvia falar em tetra, tetra, e perguntei ao meu pai do que se tratava. E ele me explicou que o Brasil fora campeão mundial três vezes e que nenhum país era tetracampeão. Se o Brasil ganhasse, seria o primeiro. Nesse ano nosso país ganhou o campeonato, nos pênaltis, em uma disputada partida contra a Itália.
Desde então aprendi a acompanhar os jogos da Copa, mas sempre desejando disputas acirradas e fortes emoções. Adquiri a mania de torcer por empates, só para o jogo ser decidido no pênalti. E não me interesso em assistir aos primeiros jogos do campeonato, pois só vejo graça quando a partida decide a saída ou permanência do time.
Vibrei no tetra. Vibrei no penta. Depois já achei que era demais.
Se não deixarmos outros países nos alcançarem, que graça vai ter?

5 comentários:

Ana Carolina disse...

Lian, gosto de ser egoísta em relação as vitórias, por isso eu quero Hexa... Senti a mesma coisa que você em 1994 e como você torço por partidas terminadas nos penaltis com muitissima emoção. Mas eu quero Hexa, perder o campeonato só se for para um time Africano.

Maria Cristina disse...

Acho que poderia vir a Goiânia para assistirmos as partidas emocionantes juntas, o que acha? O primeiro jogo (menos emocionante) vai ser na casa da Erika e acontece no dia do niver dela!! Estamos te esperando!!!!

Alice in Wonderland disse...

Acho que também sou egoísta nessa. To torcendo pro Brasil e só pro Brasil. Quero Hexa! hehehe

Alice in Wonderland disse...

Ah... quero que conheça o blog da minha irmã Michele. É sobre as viagens que ela faz.
www.circuitoviagem.blogspot.com
Bjão!!!

Eduardo Sartorato disse...

Engraçado que em 1994 eu tb torcia para as partidas terminarem nos penaltis. De lá para cá parei com isto. Mas na Copa do Mundo eu não costumo torcer para ninguém, e gosto de ver todos os jogos do campeonato. Não consigo torcer para o Brasil (longa história). Gosto de ver a Itália e os times sulamericanos ganhando, mas não que seja uma torcida desesperada. É tão estranho, pq a Copa é a única competição que eu vejo degustando o futebol, sem nenhuma tendência à frustração. Bjão e te espero aqui em Gyn!!