sábado, 30 de abril de 2011

"E agora, José?"



As férias que eu esperava foram atropeladas por uma avalanche de rotina: compromissos diários que não me permitiram acordar tarde ou passar o dia vagabundeando, como eu planejara para a vida pós-formada. E isso foi bom, pois, tirando o mal-estar físico, não senti a ressaca de quem é jogada ao mundo após a festa. Então é essa a nova rotina? Eu gostei. Ainda sonho que estou chegando atrasada para o último dia de peça, é verdade. Mas também sonho que estou voltando a pedalar e penso que é meu corpo pedindo por essa nova organização. Eu vou em frente e estão tão abertos os caminhos que me torno nostálgica do presente. Acho a vida incrivelmente linda e tenho saudades já no momento em que vivo. Reencontro pessoas antigas, abro-me para novas e velhas. E de repente. Veio. Entro no cinema porque o dia está fresco e amplo, então não quero que ele termine. Mas as próximas páginas estão aí, em branco...

4 comentários:

Ana disse...

Quantas vezes desejei este ano parar o tempo, mesmo sabendo que tinham uma porção de páginas para serem preenchidas
É bom ter dias com esperança para sonhar.

Túlio Siqueira disse...

Gostei do blog hein,mto bom
Fik aki tbm o convite p passar no meu

http://www.reinocomico.blogspot.com/

Maria Cristina disse...

Por isso sumiu do blog, é? To com saudade! Chega logo! bjoss

Alice in Wonderland disse...

É sempre assim: eu aqui to sem trabalhar, só por conta de estudar e não encontro tempo pra isso: acordo 6h da manhã e aí é casa, marido, filhos... aff!

Que suas novas páginas se encham só de alegria, paz e amor!

Bjo e vê se aparece, sumidinha! rsrs