terça-feira, 6 de abril de 2010

Certos dias de chuva...

Ontem, após uma sucessão de pequenos desastres, decidi que era um dia para me trancar em casa e não sair mais. Como não resolvesse e as tragédias mundanas continuassem a me perseguir, me fechei no quarto. Talvez fossem elas apenas um aviso da chuva que estava para chegar. Cidade alagada, Rio transbordante.

Hoje amanheci com uma chuvinha fina e todos em casa, inclusive uma amiga ilhada que se refugiou aqui. A segurança pública recomendava que não saíssemos de casa, contou alguém que assistira ao noticiário. Há muito desisti das notícias tristes do mundo.

Como ainda não sei com que sorte acordei e tampouco se o carma de ontem continua a me perseguir, resolvi passar o dia acampada na cama, por precaução. Um copo de Mate e uma dose de Rubem Braga trarão um pouco de delicadeza para meus ásperos dias de chuva.

3 comentários:

Mr. G disse...

nem me fale!! cama é oq nos resta!!!!


bjs!

Eduardo Sartorato disse...

Delícia isto!! Que vontade de estar deitado na minha cama em Gyn, ouvindo a chuva cair lá fora...... Claro, não uma chuva desta aí do Rio!! Te cuida, minina!! bjos.....

Ana Carolina disse...

Lian, cuidado! Notícias ruins não param de chegar. Ainda bem que você teve uma boa decisão.