terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Palavras ao vento


Ontem fiquei até tarde da noite mandando mensagens para tentar divulgar a ressurreição da Revista Bolhas. Hoje todas as mensagens que enviei desapareceram misteriosamente, mas aí já é outra história (só não perguntem se aconteceu de verdade ou se foi sonho). Mas, enfim, para deixar recados, tive que digitar várias e várias daquelas letrinhas distorcidas. Aquilo atrasa a vida da gente, é verdade, mas confesso que é bem divertido. Fico olhando aquelas palavras que se formam e, puxa vida, dá para fazer trilhões de coisas com elas, dentre as quais listo algumas:
1) Escolher nomes de filhos:
Nomes de menino:
REFREU
DIERMO
EVETIO
ZONION
ULLOR
Nomes de menina:
EODISA
EILIN
MELI
DIMA
YEPHIE
2) Jogar Leréia:
SPACTR: Pimeira estação espacial russa, responsável pelo lançamento de satélites artificiais na órbita de marte.
SORATO: Estilo musical oriundo do norte da Itália, caracterizado por um canto choroso e pela teatralidade, com temática melancólica.
ADERMA: Síndrome congênita que aflige mamíferos na região do Cáucaso, caracterizada pela ausência total ou parcial de pele.
HALIZ: Erva aromática cultivada pelos índios Yanomami, muito utilizada na preparação de chás.
3) Conversar com adolescentes no Orkut ou MSN:
- GENDE, vcx viram o CHUSTU q eu levei?
- Minha miguxa me deu um CHUT e naum mora maix no meu S2.
- SERAW q vai xuver hj?
- Eu DICIE PRELA naum fazer aquilo!

6 comentários:

boogienwoogie disse...

sensacional!!! e assim a criatividade humana vai tornando todas as coisas menos chatas, menos massantes!

Wilson Botter disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
julia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk!!! adorei!

Elisa disse...

Eu também adorei! hihihi Já estou ficando viciada neste seu blog, Lian!

leilane disse...

auhhuauhauhahuahuauhau! Adorei também! Miguuuuuuuxa!

www.alicexavier.blogger.com.br disse...

Boa essa! Seria ótimo se pudéssemos fazer isso com todas as chatisses da vida, que hora ou outra nos atrasam na hora da pressa.